O BICO DE BUNSEN

 

Experimento:

 O Bico de Bunsen é um aparelho idealizado pelo químico alemão Robert W. Bunsen (1811-1899), professor de química da Universidade de Heidelberg, em 1852. É usado para aquecer objetos ou soluções não inflamáveis. Ele pode ainda, ser usado para aquecer objetos a temperaturas muito altas. O bico de Bunsen possui em sua base um regulador de entrada de ar para controlar o tipo de chama: impedindo a entrada de ar, a chama torna-se amarela e relativamente “fria”, pois a combustão é incompleta. Aumentando a entrada de ar a cor azul da chama indica que a mistura gasosa foi otimizada, e, portanto, a chama está na temperatura mais quente possível.

 

 

Objetivos:


- Aprender as principais técnicas para o manuseio de um bico de Bunsen.

- Aprender sobre os tipos de combustão, produtos formados e calor liberado.


Material:

 

-      1 Bico de Bunsen.

-      1 tubo de vidro pequeno.

-      Pinça metálica.

-      Cápsula de porcelana.

-          Metais: alumínio, cobre e ferro.

 

Procedimento experimental:

ACENDENDO O BICO DE BUNSEN

 

1. Feche a válvula do controle de gás do bico de Bunsen.

2. Feche o controlador de entrada de ar, situado na base do bico de Bunsen.

3. Abra o distribuidor de gás.

4. Acenda o fósforo.

5. Abra a válvula do controle de gás do bico de Bunsen.

6. Aproxime o fósforo pela lateral da saída de gás do bico de Bunsen.

ATENÇÃO!

Ocasionalmente o gás apagará o fósforo, se o palito for apagado feche
imediatamente a válvula do controle de gás do bico de Bunsen e retorno ao
procedimento 2.

AJUSTANDO O BICO DE BUNSEN

1. Ainda com o controlador de entrada de ar fechado verifique a coloração da chama, em seguida abra o controlador de entrada de ar, verifique a coloração da chama e as várias regiões desta chama. Anote o que foi observado.

2. Tome três pedaços de metais: um de alumínio (P.f. = 660ºC), um de cobre (P.f. = 1083ºC) e um de ferro (P.f. = 1535ºC). Segurando-os com uma pinça, verifique o que acontece a cada um quando expostos por aproximadamente 2 minutos à chama amarela e às várias regiões da chama azul.

3. Leve uma das extremidades de um pequeno tubo de vidro à região mais interna da chama azul. Chegue um fósforo aceso à outra extremidade do tubo e observe. Em seguida, repita esta operação na região mais externa da chama. Anote os resultados observados.

4. Leve uma cápsula de porcelana à chama amarela do bico de Bunsen e observe o que ocorre. Repita o mesmo procedimento na chama azul. Anote os resultados observados.

 

Enquete

Qual recurso você mais utiliza para estudar?
 

Veja Também...

Banner